Carolina Paz_ artista visual | Água Branca, SP


A delicadeza e feminilidade da artista Carolina Paz é traduzida no seu espaço de criação. Um atelier onde o branco toma conta e a leveza das obras nos transporta para seu universo particular. A dualidade é uma das características mais marcantes do trabalho da Carolina. O constante equilíbrio entre objetos contraditórios traz tensão para um trabalho aparentemente delicado. Uma corda comum segurando um travesseiro de plumas na parede é o exemplo dessa dualidade. O travesseiro sendo preso pela tensão e torção da corda torna o objeto algo estranho, como se não reconhecêssemos algo que usamos diariamente.

O trabalho oposto ao escultural travesseiro, uma séries de desenhos feitos com uma linha dourada, também exprime dualidade. Cordas douradas, delicadas, sendo tensionadas para criar desenhos. Essa mesma leveza dramática é reconhecida nos pequenos desenhos pendurados na parede no quarto ao lado. Enquanto tomamos um café, Carolina nos conta sobre a trajetória de seu trabalho, sobre sua continua investigação de formas e como moldar diferentes mídias. E quanto mais observamos, mais percebemos que o cotidiano é o grande objeto de estudo da artista. O algodão usado como tinta para preencher o espaço entre os fios que servem de moldura, os jornais de arte cobrindo a mesa em que sentamos, tudo parece minuciosamente pensando. Tudo aquilo que nos parece banal toma outra magnitude, torna-se belo, torna-se arte.

 http://carolinapaz.com

Fotos:Leka Mendes
Texto: Priscilla Nasrallah